Minha experiência com loja física

Olá amores, tudo bem?

Quem acompanha o meu blog desde o antigo sabe que eu tive uma loja física durante quase dois anos. Nesse tempo, pude adquirir experiência, observar muitas coisas e descobrir coisas sobre mim e sobre o comércio.  Tudo isso é o que eu quero passar para vocês nesse post!

 

 

Abertura da loja

Parece simples abrir uma loja, mas não é. Além de toda a burocracia, existe uma reforma que é preciso ser feita, independente do seu ramo. Você precisa adaptar aquele espaço para que comporte as suas necessidades. Se for levar em conta o tempo da papelada (feita com o contador), a reforma e a compra de todos os materiais que você pretende vender, só aí já se vão uns três meses.

 

Estética da loja

Parece que não é algo muito importante, mas é. A primeira coisa que o seu cliente vê, mesmo que não tenha 100% de consciência sobre isso, é o visual da sua loja. Se ela não estiver minimamente harmoniosa, terá uma desconfiança da qualidade do seu trabalho imediatamente. Percebi isso quando comecei a receber várias declarações de clientes, que deixaram de frequentar uma loja do mesmo ramo que a minha porque a do concorrente não estava agradável aos olhos. Vivi essa experiência também como cliente, deixei de comprar em uma loja porque a estética dela me causava uma confusão mental muito grande. Então pense muito bem na forma que sua loja se apresentará esteticamente ao cliente.

 

Divulgação

É algo extremamente necessário e que requer muita atenção. Por mais que sua loja esteja em um local onde circulam muitas pessoas, isso não é o suficiente. Você tem que pensar em atrair uma clientela que seja um potencial comprador. Dessa forma, é preciso divulgar sua loja para que o seu público alvo te conheça.

 

Local

Se você está começando uma marca, precisa estar em um local com boa visibilidade e fácil acesso para seus futuros clientes. Pode até ficar mais caro, porém vai ajudar muito a conhecerem o seu espaço.

 

Trabalho e dedicação

Se você pensa que ser dono de loja é luxo, pode esquecer. Você vai trabalhar muito e, muitas vezes, não terá um dia sequer de folga na semana. Se você trabalhar sem funcionários então, aí é que pode esquecer a folga mesmo. Na minha visão, é um trabalho gratificante, pois você está cuidando de algo que é seu e não dos outros.

 

Então meus amores, esses são os principais pontos e a minha visão sobre cada um deles. Tudo que foi falado é o que eu pude acompanhar no meu dia a dia. Se for necessário e vocês quiserem, posso fazer várias continuações em outros tópicos semelhantes a este. Para isso, basta que vocês comentem aqui embaixo sobre o que querem saber!

 

Espero ter ajudado e que vocês tenham gostado!

 

Beijos :*

 

 

Deixe seu comentario

Comentarios

2 Comments

Deixe uma resposta