Minha relação com a academia

Olá amores, tudo bem?
 
Em resumo, uma relação de amor, ódio e dependência. Vamos começar do começo.
Sempre fui muito magra e como toda magra, sempre quis entrar na academia para ganhar corpo. Minha meta era: primeiro entro na faculdade, arrumo um estágio e assim que tiver meu próprio dinheiro eu vou para a academia. Estava tudo perfeito na minha cabeça, só não pensei que chegaria tarde em casa e exausta e de brinde, teria mil coisas da faculdade para fazer na parte da noite. Planos de ganhar corpo foram por água abaixo.
Naturalmente, comendo tanta besteira para dar conta de todos os afazeres do dia a dia, eu ganhei corpo: barriga! Sempre quis ganhar corpo, mas a barriga não estava inclusa. Eu podia ter continuado com aquela linda barriga negativa que eu com toda certeza não iria me importar. Ainda assim, não sabia como encaixar a academia na minha vida e então fui deixando passar.
Em seguida, comecei a sentir dores cada vez mais constantes no joelho, até que um dia, já incomodada demais com a dor, resolvi ir ao médico, e logo veio a notícia: tenho a patela solta e só posso parar de ter esses desconfortos com a dor se eu entrar na academia, malhar a perna, fortalecer bastante as coxas, para que elas recebam a maior parte do esforço que eu faço e não o joelho. A noticia era ruim? Sim, mas na época resolvi entender como uma
motivação para ir para a academia. E assim, foi. Junto com meu namorado, passei a fazer academia na hora do almoço, acompanhada de laudo médico e com auxílio de um professor. Sendo sincera, achei um saco aquilo e larguei. O que eu fazia era ir sempre durante uma semana quando eu sentia dor, e assim que a dor parava, eu também parava de ir na academia.
E sabe qual a moral dessa história? Estou mais uma vez tentando voltar pra academia, por dois motivos: quero meu corpo bonitinho e durinho (mulheres entenderam) e também quero tratar do meu problema! Quis compartilhar mais uma vez com vocês, não para vocês saberem do que anda acontecendo na minha vida (tá, isso também), mas principalmente para receber motivação de vocês!
Topam embarcar comigo nessa? Então comenta aí como está sendo sua experiência!
 Beijocas. 

Posts Relacionados

Deixe seu comentario

Comentarios

Deixe uma resposta